domingo, 20 de novembro de 2016

4º BIMESTRAL/16- CONTEÚDO

1º ANOS: 

-  DIVISÃO CELULAR// HISTOLOGIA ANIMAL


2º ANOS:

- FISIOLOGIA HUMANA

2 ANOS: E.D- FISIOLOGIA HUMANA- ATIVIDADE COMENTADA



ESTUDO DIRIGIDO DE BIOLOGIA- ASSUNTO: ANATOMIA 


E FISIOLOGIA HUMANA


I- SISTEMA DIGESTIVO

1-   O que significa homeostase- EQUILÍBRIO CORPORAL

2- Conceitue digestão: PROCESSAMENTO OU QUEBRA DO ALIMENTO PARA LIBERAR A ENERGIA CONTIDA.

3- Conceitue enzima e comente sua importância para o metabolismo
ENZIMAS SÃÕ PROTEÍNAS ESPECIAIS, QUE ENTRE OUTRAS FUNÇÕES, AUXILIAM NO METAB. ALIMENTAR POR ACELERAR AS REAÇOES QUÍMICAS A QUE OS ALIMENTOS IRÃO PASSAR.

4- Comente a frase: “Toda enzima é uma proteína, mas nem toda proteína é enzima”.
TODA ENZIMA É QUIMICAMENTE COMPOSTA DE AMINOÁCIDOS QUE SÃO A BASE DAS PROTEÍNAS, MAS NEM TODAS AS PROTEÍNAS TEM ESSA OMPOSIÇÃO, POR EXEMPLO: OS ANTICORPOS SÃO PROTEÍNAS DE DEFESA QUE NÃO TEM A FUNÇÃO QUE AS ENZIMAS DESEMPENHAM.

5- Diga quais são as glândulas relacionadas ao aparelho digestivo e suas principais funções.
FÍGADO- PRODUÇÃO DA BILE
PÂNCREAS- PRODUÇÃO DO SUCO PANCREÁTICO
VESÍCULA BILIAR- ARMAZENAR A BILE

6- Onde ocorre a absorção dos nutrientes gerados na digestão? Para onde vão esses nutrientes?
ABSORÇÃO: NO INTESTINO DELGADO E DALÍ OS NUTRIENTES CHEGARÃO ATÉ AS CÉLULAS

9- Que papel desempenha a flora intestinal?
A FLORA INTESTINAL É COMPOSTA DE MILHARES DE BACTÉRIAS QUE IRÃO AUXILIAR  NA ABSORÇÃO DOS NUTRIENTES PELAS CÉLULAS INTESTINAIS, ALÉM DE PARTICIPAR DA FORMAÇÃO DAS FEZES.

10- De que modo o sistema nervoso atua sobre a digestão dos alimentos?
PRODUZINDO E ESTIMULANDO O SISTEMA ENDÓCRINO A PRODUÇÃO DE HORMÔNIOS TÍPICOS DO METABOLISMO ALIMENTAR COMO OS TIREOTRÓFICOS PRODUZIDOS PELA TIREÓIDE.

II- SISTEMA RESPIRATÓRIO
1-  Conceitue Hematose – TROCA DE GASES (CO2 E O2) QUE ACONTECE NOS ALVÉLOLOS PULMONARES.

2- Que relação existe entre alvéolos pulmonares e hematose?
NOS ALVÉOLOS, PELO PROCESSO DE DIFUSÃO HAVERÁ ESSA TROCA DE GASES DA RESPIRAÇÃO.

3- Conceitue hemoglobina e comente sua importância.
PIGMENTO RESPIRATÓRIO QUE ASSOCIADO ÀS HEMÁCIAS, TRANSPORTA OS GASES PARA TODOS OS TECIDOS DO ORGANISMO.

4- Explique por que o monóxido de carbono provoca asfixia.
O (CO) PROVOCA ASFIXIA POR DESTRUIR AS HEMÁCIAS NO ORGANISMO.

5- Relacione o sistema respiratório com o sistema circulatório.
O CIRCULATÓRIO AUXILIA O RESPIRATÓRIO NA CONDUÇÃO DOS GASES PELO ORGANISMO.


III- SISTEMA CIRCULATÓRIO/ IMUNITÁRIO

1-Caracterize as células sanguíneas.
GLÓBULOS VERMELHOS OU HEMÁCIAS- ANUCLEADAS, CONDUÇÃO DE GASES
GLÓBULOS BRANCOS- DEFESA DO ORGANISMO ( PRODUÇÃO DE ANTICORPOS)
PLAQUETAS- FRAGMENTOS DE CÉLULAS LIGADAS À COAGULAÇAO SANGUÍNEA.

2-Caracterize artérias e veias:
 VEIAS: VASO SANGUÍNEO QUE LEVA O SANGUE AO CORAÇÃO E ARTÉRIAS RETIRAM O SANGUE DO CORAÇÃO LEVANDO- O AO CORPO.
3- Caracterize: circulação sistêmica e circulação pulmonar.
CIRC. SISTÊMICA- A NIVEL DE TODO O  CORPO
CIRC. PULMONAR- DO CORAÇÃO AO PULMÃÕ.

4- Caracterize os tipos de circulação existentes entre os vertebrados.
-PEIXES: BRANQUIAL
-ANFÍBIOS: CUTÂNEA E PULMONAR
-RÉPTEIS/AVES E MAMÍFEROS: PULMONAR

5-O que são anticorpos? PROTEÍNAS DE DEFESA CONTRA AGENTES INVASORES

6-Descreva como atuam os soros e vacinas.
VACINA- EFEITO PREVENTIVO: SÃO PRODUZIDAS A PARTIR DO PROPRIO ANTÍGENO ( VENENO) E FAZ COM QUE O CORPO PRODUZA ANTICORPOS ( DEFESA)
SORO- EFEITO CURATIVO: SÃO PRODUZIDOS COM O PRÓPRIO ANTICORPO PAREA QUE A PROTEÇÃO SEJA IMEDIATA
7- No cordão umbilical encontramos duas artérias, que levam sangue do embrião para a placenta, e uma veia, que traz sangue da placenta para o embrião. De acordo com as funções da placenta, responda: as artérias umbilicais levam sangue rico ou pobre em 02? E a veia umbilical? Justifique sua resposta.
AS ARTÉRIAS LEVAM SANGUE RICO EM CO2, POIS A PLACENTA TEM A FUNÇÃO DE ELIMINÁ-LO PARA O EMBRIÃO, JÁ AS VEIAS CARREGAM O SANGUE RICO EM O2 DA MÃE PARA O FETO.

IV- SISTEMA EXCRETOR

1- Conceitue excreção e explique sua relação com o sistema urinário.
EXCREÇÃO: PRODUTO DO METABOLISMO ALIMENTAR (AMONIA, UREIA OU ÁCIDO ÚRICO) QUE PRECISAM SER ELIMADOS DO SANGUE ATRAVÉS DA URINA.

2- O que são néfrons? ESTRURAS RENAIS ONDE O SANGUE É FILTRADO.

3- Qual é o papel do hormônio antidiurético no funcionamento dos rins?
EVITAR A DIURESE, OU SEJA,  A ELIMINAÇÃO EXCESSIVA DE ÁGUA DO ORGANISMO.


V- SISTEMA NERVOSO/ENDÓCRINO

1- Quais são os constituintes do Sistema Nervoso Central e do Sistema Nervoso Periférico?
SNC- CÉREBRO E MEDULA ESPINHAL
SNP- NERVOS

2- Descreva a função da medula espinhal
CONDUÇÃO DE ESTÍMULOS NERVOSOS DO CORPO AO CÉREBRO.

3- O que são hormônios? Onde são produzidos?
HORMÔNIOS SÃO SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS PRODUZIDAS PELO SISTEMA ENDÓCRINO QUE FAZ COM QUE OS ORGÃOS PRODUZAM SUBSTÂNCIAS PARA O FUNCIONAMENTO DO CORPO.

4- Caracterize a glândula hipófise.
SITUADA NA REGIÃO ANTERIOR DO ENCÉFALO, COMANDA O FUNCIONAMENTO DAS OUTRAS GL. ENDÓCRINAS.

5-Caracterize a  glândula tireóidea e seus hormônios
 GLÂNDULA ENDÓCRINA,  PRODUTORA DE  HORMONIOS  QUE ESTÃO RELACIONADOS AO METABOLISMO ALIMENTAR.

6- Caracterize as glândulas supra-renais.
GL. LOCALIZADAS ACIMA DOS RINS SÃO PRODUTORAS VÁRIOS HORMÔNIOS, ENTRE ELES A ADRENALINA.

7- O que são e quais são os principais  hormônios sexuais masculino e feminino.
MASCULINO- TESTOSTERONA
FEMININO- ESTRÓGENO E PROGESTERONA

8- Comente a ação dos hormônios na gravidez.
ESTIMULAM  E PREPARAM O CORPO PARA A GESTAÇÃO, ESTIMULAM A FORMAÇÃO DA PLACENTA, A LACTAÇÃO, ETC.




quarta-feira, 9 de novembro de 2016

2º ANOS: ATENÇÃO!!! TURNO: TARDE

CRONOGRAMA DOS SEMINÁRIOS:


CAROS ALUNOS INFELIZMENTE, DEVIDO À PARALISAÇÃO DE AMANHÃ, QUINTA-FEIRA(10/11), FICA REMARCADA A APRESENTAÇÃO DOS GRUPOS DO DIA 10/11,  PARA O DIA 17/11 ( PRÓXIMA QUINTA-FEIRA), JUNTAMENTE COM OS GRUPOS DO DIA 17/11.

QUALQUER DÚVIDA, ENTRE EM CONTATO ATRAVÉS DO BLOG.

1ºANOS- ATIVIDADES COMENTADAS- NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR




ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MORAIS
ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE REVISÃO- BIOLOGIA: 4º BIM./2016- 1º ANO
ESTUDO DIRIGIDO I: NÚCLEO CELULAR

  1- Quais são as partes que compõe o núcleo?
2- Explique os termos a seguir:
a)     eucarionte: 
b)     procarionte:
c)     cromatina:
d)     cromossomo:
e)     centrômero:

3- Qual a diferença entre a heterocromatina e eucromatina?

4- Quais as diferenças básicas entre DNA e RNA? Onde cada um deles é encontrado?

5- Explique corretamente os termos a seguir:
a)     cariótipo
b)     genoma:
c)     gene:  
d)     gameta:
e)     célula somática:
f)       gônada:           
g)     haplóide:
h)     diplóide:
i)       zigoto:

ATIVIDADES COMENTADAS:


 ESTUDO DIRIGIDO I: NÚCLEO CELULAR

 1- Quais são as partes que compõe o núcleo?
NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR O núcleo celular (descoberto por Robert Brown , 1833) é uma estrutura presente nas células eucarióticas, que contém o DNA da célula . Delimitado pelo envoltório nuclear, e se comunica com o citoplasma através dos poros nucleares . Possui duas funções básicas: regular as reações químicas armazenar as informações genéticas Período em que a célula não se encontra em divisão é denominado interfase (núcleo interfásico) .

2- Explique os termos a seguir:
a) eucarionte: indivíduo que apresenta célula eucariota      
b) procarionte: indivíduo que apresenta célula procariota- exemplo; bactérias     
c) cromatina: cromossomos desespiralizados vistos durante a intérfase       
d) cromossomo:
O Cromossomo é formado por cromátides ligadas pelo centrômero. Quando a célula está prestes a se dividir, as cromátides se duplicam formando cromátides irmãs (que até que ocorra a separação final, ficam ligadas pelo centrômero).
e) centrômero: região do cromossomo que o divide em braços 

3- Qual a diferença entre a heterocromatina e eucromatina?

Núcleo Celular Cromatina - representa o material genético, com proteínas e moléculas de DNA. Têm aspecto emaranhado de filamentos longos e finos, denominados cromonemas. Esses apresentam regiões condensadas chamadas de heterocromatinas, e regiões distendidas chamadas eucromatinas. Durante a divisão celular, os cromonemas espiralizam-se, tornando-se mais curtos e mais grossos e passam a ser chamados de cromossomos.

4- Quais as diferenças básicas entre DNA e RNA? Onde cada um deles é encontrado?

Cromossomo é uma única molécula de DNA O DNA (do inglês DesoxirribuNucleic Acid) é como uma escada retorcida ou uma dupla hélice e é composta por inúmero genes, os quais tem a função de determinar as características de cada um de nós.
RNA- ácido desoxirribonucléico. Encontrado no núcleo celular

6- Explique corretamente os termos a seguir:
a) cariótipo
·  Cariótipo É o estudo da constituição cromossômica dos seres vivos. Na espécie humana, é composto de 46 cromossomos, em 23 pares (22 pares de autossomos e o par sexual), permitindo a análise das anomalias numéricas ou estruturais dos cromossomos.
Cariótipo é o conjunto de todos os cromossomos presentes no núcleo da célula de um organismo. O estudo do cariótipo (forma, tamanho e número de cromossomos de uma pessoa) pode ajudar no diagnóstico pré-natal ou pós-natal de aberrações genéticas.
b) genoma: conjunto dos genes      
c) gene: região do cromossomo que guarda as características genéticas
             
d) gameta: célula reprodutora: óvulo e espermatozóide
e) célula somática: célula diplóide que guarda o total de cromossomos da esécie                            
f) gônada: ovários e testículos            
g) haplóide: célula reprodutora: óvulo e espermatozóide        
h) diplóide: célula somática                           
i) zigoto: primeira célula diplóide a se formar após a fecundação

1º ANOS: ATIVIDADES COMENTADAS- NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR







ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MORAIS

ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE REVISÃO- BIOLOGIA



ESTUDO DIRIGIDO II: NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR



1-      Defina a Intérfase:



2-      Classifique os cromossomos de acordo com a posição de centrômero:



Metacêntrico/ sub-metacêntrico/ acrocêntrico e telocêntrico



3-      Conceitue e dê exemplos de célula 2n e n:

2n- toas as células somáticas ou diplódes- sangue/pele, etc

N- células reprodutoras- espermatozóide e óvulo

4-      Faça um esquema para uma mitose com 2n=10.





5-      Analise o gráfico abaixo que caracterize os estágios da interfase. Onde há maior quantidade de DNA???

Gráfico

Fase S- síntese e duplicação do DNA



6-      Qual a finalidade de ocorrência da meiose e da mitose para os organismos?

Formação dos gametas e crescimento do indivíduo

7-      Defina mitose



8-      Defina meiose



9-      Estabeleça uma comparação entre os eventos que caracterizam a mitose e a meiose I.



10-   Qual a importância da ocorrência do “crossing-over” ou permuta durante o processo meiótico?



11-   A anáfase da mitose se assemelha à anáfase I ou II da meiose? Justifique sua resposta.



12-   As duas células que se formam ao final da divisão I da meiose são haplóides ou diplóides?





ATIVIDADE COMENTADA

ESCOLA ESTADUAL PROFESSOR MORAIS

ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE REVISÃO- BIOLOGIA: 4º BIM./2016- 1º ANO



ESTUDO DIRIGIDO II: NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR



 1)Caracterize o núcleo interfásico de uma célula eucariótica definindo os seus componentes e mencionando a função de cada um deles.

R.: Núcleo Interfásico:

Além do material genético, o núcleo também possui algumas proteínas com a função de regular a expressão gênica, que envolve processos complexos de transcrição, pré - processamento do mRNA (RNA mensageiro), e o transporte do mRNA formado para ocitoplasma. Dentro do núcleo ainda podemos encontrar uma estrutura denominada nucléolo, que é responsável pela produção de subunidades dos ribossomos. O Núcleo Interfásico: é o intervalo de tempo que separa duas divisões sucessivas de uma célula. O núcleo interfásico pode fazer movimentos de rotação e oscilação e foi criado para maior complexidade da atividade cromossômica. É durante a interfase que a atividade donúcleo é alta, pois além da duplicação do DNA, ocorre nele uma série de processos que controlam a vida celular.



1. Aspectos Morfológicos:

O núcleo interfásico é homogêneo e com intensa atividade metabólica. Está presente em todas as células eucariontes (com exceção em hemácias de mamíferos). Em geral acompanham a forma da célula, mas pode ser polimorfo nucleares (eosinófilos,neutrófilos, basófilos). Podem ser encontrados na periferia celular (como adipócitos e células musculares esqueléticas), mas em geral são centrais. Núcleo Interfásico é o período de síntese de RNA e duplicação do DNA. Seu volume é de aproximadamente10% do volume total da célula.



2. Componentes:

 No núcleo interfásico temos os seguintes componentes: membrana nuclear,nucleoplasma, nucléolos e cromatina. A membrana nuclear constitui um envoltório dentro do qual aparece um líquido, o suco nuclear (cario plasma, nucleoplasma ou cariolinfa), onde estão imersos o nucléolo e a cromatina.

Membrana nuclear ou carioteca: Separa o material nuclear do citoplasma. São formadas por duas membranas lipoprotéicas, com organização estrutural semelhante às demais membranas celulares.



Nucleoplasma ou cario linfa: Apresenta – se como uma solução aquosa de proteínas,metabólitos e íons que preenchem o espaço entre a cromatina e os nucléolos. Entre as proteínas do nucleoplasma estão às enzimas que contribuem para a produção de energia,no núcleo interfásico. Além destas enzimas existem outras tais como: as DNA - polimerize e as RNA - polimerizes. Também nesse líquido ficam em suspensão; os nucléolos e os cromossomos, quando começam a se formar. É um gel protéico, no qualficam mergulhados os componentes no núcleo. Várias reações acontecem nesta região.O nucleoplasma é de fácil difusão, rico em íons e contém intermediários da glicólise e alguns da via das pentoses.



Nucléolos: É um corpúsculo denso, não delimitado por membrana, mergulhado no nucleoplasma. É uma estrutura sempre presente nas células eucarióticas, podendo haver mais de um nucléolo por núcleo interfásico. Durante adivisão celular, o nucléolo desaparece. É um corpúsculo que tem ao microscópio eletrônico um aspecto esponjoso. Não possui membrana, ficando mergulhado diretamente no nucleoplasma. É visível somente no núcleo interfásico. É rico em RNAribossômico e tem origem a partir da zona SAT dos cromossomos. O nucléolo verdadeiro é uma região de intensa síntese de ácido ribonucléico ribossômico (RNAr). Essa síntese ocorre em certas regiões de determinados cromossomos, denominados regiões organizadoras do nucléolo. O nucléolo corresponde, portanto, a uma região de grande concentração de ribonucleoproteínas, RNAr, ao redor de um trecho de um cromossomo. Os falsos nucléolos são formados por DNA, enquanto que os verdadeiro  são formados por RNA. Naturalmente, em função disso, suas afinidades tintoriais são também são diferentes: os falsos nucléolos são basófilos; os verdadeiros são acidófilos. Os primeiros se coram com hematoxilina de roxo. Os últimos se coram pela ensina em  róseo.



Nucleoplasma – Suco nuclear – Caria plasma – Cario linfa – Nucleolinfa

:É o material protoplasmático do núcleo. É uma substância opticamente homogênea, de viscosidade variável com a fisiologia celular e que apresenta pouca afinidade por corantes. Ela mantém, em suspensão os componentes nucleares.



Cromatina:

É um material constituído por nucleoproteínas filamentares, observados no núcleo interfásico e que se espiraliza para formar os cromossomos na mitose. Portanto, cromatina e cromossomos são o mesmo material, apenas em fases diferentes da fisiologia celular. A cromatina apresenta-se sob duas formas:

a) Eucromatina: Apresenta-se descondensada ou Desespiralizada na interfase.

b) Heterocromatina: Apresenta-se condensada ou Espiralizada na interfase.



2)Defina ciclo-celular e caracterize-o:



R: Em biologia, chama-se ciclo celular o conjunto de processos que se passam numa célula viva entre duas divisões celulares. O ciclo celular consiste na Interfase e na Fase mitótica, que inclui a mitose e a divisão celular (citocinese).



3) Caracterize os estágios da interfase:

A intérfase corresponde ao período entreo final de uma divisão celular e o início da segunda. Geralmente a célula encontra-se nesta fase maior parte da sua vida. Durante esta fase o DNA não évisível ao microscópio óptico. A  Intérfase divide-se em 3 fases:

• Fase G1

 Nesta fase sintetizam-se muitas proteínas, enzimas e RNA, verifica-se também a formação de organitos celulares e, consequentemente, a célula cresce.

• Fase S

É nesta fase que ocorre a auto-replicação das moléculas de DNA (diz-seno plural porque para cada cromossomo existe uma molécula de DNA)

A partir deste momento os cromossomos passam a possuir doiscromatídeos ligados por um centrómero.

• Fase G2

 Neste período dá-se a sintese de moléculas necessárias à divisão celular (como os centríolos). As fases G e S possuem estas denominações em decorrência de abreviações do inglês - G para gap (intervalo) e S para synthesis (síntese).


4) Qual a finalidade de ocorrência da meiose e da mitose para os organismos?



R.: A meiose é fundamental para a manutenção da vida dos seres pluricelulares, pois é através dela que se formam as células de reprodução (gametas:espermatozóide e óvulo) que se juntam para formar o ovo, ou também conhecido zigoto. A mitose permite propagar com fidelidade o programa genético. Ascélulas-filhas recebem um número de cromossomas idêntico ao da célula-mãe ea mesma informação genética permitindo a estabilidade genética de geração em geração. Permite o crescimento e a regeneração de tecidos dos seres pluricelulares.



5) Defina mitose e meiose:



R.: A mitose é um processo de divisão celular conservativa, já que a partir de uma célula inicial, originam-se duas células com a mesma composição genética (mesmo número e tipo de cromossomos), mantendo assim inalterada a composição e teor de ADN característico da espécie (exceto se ocorrer uma mutação, fenômeno muito raro e acidental). Este processo de divisão celular é comum a todos os seres vivos, dos animaise plantas multicelulares até aos organismos unicelulares, nos quais, muitas vezes, este éo principal ou único processo de reprodução - reprodução assexuada.

Meiose (do grego meíosis, diminuição) é o nome dado ao processo de divisão celular através do qual umacélula vê o seu número de cromossomos reduzido pela metade. Por este processo são formados gametas e esporos.



6) Estabeleça uma comparação entre os eventos que caracterizam a mitose e a meiose.



R.: Comparações entre a mitose e a meiose. A mitose ocorre em todas as células somáticas do corpo e, por meio dela, uma célula se divide em duas, geneticamente semelhantes à célula inicial. Assim, é importante na regeneração dos tecidos e no crescimento dos organismos multicelulares. Nos unicelulares, permite a reprodução assexuada. Já a meiose, nos seres pluricelulares, só ocorre em células germinativas, com duas divisões sucessivas. A célula-mãe se divide em duas, que se dividem de novo,originando quatro células-filhas (três células-filhas no caso da ogénese) com metade dos cromossomos da célula inicial: são os gametas, geneticamente diferentes entre si.



7) Cite  as subfases da prófase I da meiose.



R.: A prófase I é dividida em cinco subdivisões: leptóteno, zigóteno, paquíteno,diplóteno e diacinese. O leptóteno é a primeira subdivisão da prófase meiótica em que ocorre a individualização dos cromossomos pelo espiramento largo dos cromonemas. O Zigóteno é o momento da meiose em que os cromossomas homólogos se juntam formando pares, os integrantes desses são chamados de cromátides irmãs. Quando acontece o emparelhamento de cromossomos, ou sinapse, os cromossomos formam um bivalente. O Paquíteno Ocorre após a definição do complexo sinaptonêmico ainda na subfase leptóteno. No paquíteno, os cromossomos tornam-se mais grossos, atingindo o grau máximo de condensação, formando quatro braços bem definidos. Desses quatro braços, dois se ligam ao respectivo homólogo formando estruturas denominadas "tétrades"ou "bivalentes". Devido à proximidade entre os braços dos homólogos, a percepção das quatro cromátides é prejudicada. Será mais visível na próxima subfase (diplóteno). Diplóteno é uma fase da meiose em que os cromossomos se vão afastando e torna-se visível as áreas onde pode ocorrer uma ligação entre os cromossomas "quiasmas". Com o afastamento recíproco dos cromossomas, os quiasmas deslizam para as extremidades dos braços dos cromossomas. Última fase da prófase meiótica em que ocorre a separação dos cromossomas. Já com os segmentos trocados no paquíteno, e é nessa fase da prófase em que a carioteca desaparece temporariamente.



8) Qual a importância da ocorrência do “crossing-over” ou permuta durante o processo meiótico?

R.: A relação existente entre meiose e variabilidade é principalmente devida à ocorrência de crossing-over. Recombinação é a troca aleatória de material genético durante a meiose. Na primeira divisão meiótica, mais precisamente no paquíteno, ocorre o crossing-over, que é o sobre cruzamento das cromátides homólogas, não-irmãs.



9) A anáfase da mitose se assemelha à anáfase I ou II da meiose? Justifique sua resposta.



R.: Mitose Anáfase:Quebram-se (clivagem) os centrômeros, separando-se os dois cromatídeos que passam a formar dois cromossomas independentes. As fibrilas ligadas a estes dois cromossomas encolhem, o que faz com que estes se afastem (migrem) para pólos opostos da célula — Ascensão Polar dos cromossomas-filhos. O que leva aque no final em ambos os pólos haja o mesmo número de cromossomos com omesmo conteúdo genético e igual ao da célula mãe, porém cada cromossomotem apenas uma cromátide.

Meiose Anáfase I: Os cromossomos dos Bivalentes separam-se migrando cada um (comduas cromátides) para os pólos opostos – Segregação dos Homólogos.

 Anáfase II: Quebram-se os centrômeros, separando-se as duas cromátides, que passam a formar dois cromossomos independentes e ascendem para os pólos opostos.



10) As duas células que se formam ao final da divisão I da meiose são haplóides ou diplóides?



R: Haplóides, Divisão I ou Divisão Reducional Separação de homólogos, 2n —> n